Skip to main content

Lugar de criança

Especialistas da arquitetura e do décor falam como criar ambientes repletos de interatividade e segurança para criança

criança

Projeto Fabiana Visacro: piso vinílico e móveis na altura da criança deixam o espaço mais confortável para a criança / Projeto Maraú Design Studio: móveis arredondados e lúdicos são ideais para espaços destinados à criança / Projeto Glaúcia Britto: extremamente lúdica, loja tem piso vinílico, móveis arredondados e roupinhas na altura das crianças justamente para incentivá-las a interagir com o espaço

Projetar espaços voltados para as crianças requer criatividade, que lhes ofereça autonomia e, claro, muita segurança. Seja o quartinho de dormir, a brinquedoteca ou mesmo uma loja comercial voltada para o público infantil, estes ambientes precisam, além de muita vivacidade, cuidados extremos para que os pequenos possam aproveitá-los da melhor maneira possível.

Segundo a psicóloga e designer de interiores Fabiana Visacro, ao criar um espaço infantil, a prioridade é pensar na segurança, além da praticidade para manter o ambiente limpo e conservado, investindo em um material adequado. “Entre os pisos considerados mais práticos para limpeza estão o piso vinílico e o porcelanato. Considerando que o porcelanato é um piso mais frio e as crianças gostam de brincar no chão, o ideal é usar o vinílico, que além de prático é mais quentinho. O piso emborrachado é também uma boa opção. O ideal é que todos os móveis como mesinhas, cadeiras, instalação da TV, sejam proporcionais à altura de quem vai usar o espaço”, indica. Leia+Mais→

Quarto de bebê pelo MeyerCortez

“O quarto do bebê é o tipo de projeto em que todo mundo naturalmente espera o melhor…”

Natália Meyer

“… para além de ser bonito, precisa ser também prático, acolhedor e seguro e isso é levado muito a sério por nós”, conta a designer de interiores Natália Meyer, que no momento está grávida.

Algumas sugestões básicas para uma aventura neste ambiente:

• A melhor economia não é comprar móveis necessariamente baratos, mas de qualidade e com potencial para serem usados por mais tempo do que apenas na primeira infância. Ao fazer esta opção, a vantagem virá a longo prazo, pois não será necessário investir em mobiliário novo nos próximos anos. Como exemplo, podemos pensar em um berço que vire mini cama e em cômoda com a possibilidade de trocador em cima. Madeira em tons neutros, como branco, bege ou o tom natural é sempre uma decisão inteligente e que otimiza. Leia+Mais→