A designer de interiores e proprietária do Cantinho Meigo Andreia Leitão explica as diferenças

Peroba

A Peroba de demolição é uma madeira que foi retirada de antigos casarões, geralmente de fazendas e sítios, muito antigas e que na maioria das vezes ficou exposta ao tempo. É uma madeira nobre, resistente, cujos moveis feitos a partir dela, passam de geração para geração, como a peroba e o Ipê, que é raríssimo e por isso também muito caro.

O Eucalipto é uma madeira de reflorestamento e por isso, muito barata. O eucalipto não é nobre, muito menos tem a resistência de uma madeira de demolição como a peroba. O eucalipto é mais leve, poroso, macio, o que torna esse tipo de madeira um alvo fácil para cupins e outras pragas.

Além das diferenças gritantes entre os dois tipos de madeira e suas qualidades, a diferença de preços também é considerável; Madeira de reflorestamento custa no geral, a metade do preço da madeira de demolição.

É preciso ficar claro que madeira de reflorestamento, como o eucalipto, nada tem a ver com madeira de demolição, no caso, a peroba em questão. Infelizmente, há comerciantes inescrupulosos que acabam vendendo eucalipto como madeira de demolição. E isso tem se tornado uma prática constante no mercado moveleiro. Todo cuidado é pouco.

Como o eucalipto é uma madeira muito clara, lembrando muitas vezes o pinus, outra madeira de reflorestamento, alguns fornecedores estão tingindo o eucalipto e até mesmo criando veias e imperfeições para imitar a peroba de demolição, que é rosada e geralmente vem com restos de tintas, marcas de pregos e algumas imperfeições que dão a ela um charme especial.

Para evitar ser enganado é preciso estar atento na hora de sua compra. Desconfie de preços muito baixos, sempre peça nota fiscal com os detalhes da peça e sua procedência. Essa é a maior garantia que você pode ter.

Contato:
Andreia Leitão
(19) 3289-3114
www.cantinhomeigo.com.br